sexta-feira, 19 de dezembro de 2008



3 comentários:

Anônimo disse...

Debo ser un antiguo: ahora que hay tanta locura por "The Wire" y otras series TV, yo encuentro más fascinante esta de 1972 de Cottafavi, abstracta y depuradamente misteriosa como el último Lang, algunos Jacques Tourneur, por momentos Ulmer.
Miguel Marías

bruno andrade disse...

Devo ser um antigo também: ontem tentei assistir um episódio de The Sopranos, e como era vulgar, sub-derivativo de Scorsese tudo aquilo, as piadas, o ritmo, a falta de integração entre todos os elementos cênicos.

O Cottafavi chega a ser um oásis em meio ao deserto que é a televisão contemporânea.

bruno andrade disse...

Mas há ainda algumas boas surpresas: Two and a Half Men, por exemplo, que é provavelmente o último resquício do velho estilo photoplay de boas comédias televisivas (cf. Blake Edwards, Quine).

Arquivo do blog