quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

OTHON, de Jean-Marie Straub

Um comentário:

André Dias disse...

Já agora, perdoa-me a imodéstia: «Debaixo da terra, apenas sobre ela deitado»

Arquivo do blog