sábado, 30 de maio de 2009

Onde o poeta pára, o poema começa. O poema só pede que o poeta saia do caminho.

Donald Hall

Nenhum comentário:

Arquivo do blog