sábado, 22 de agosto de 2009

Rosenbaum finalmente chegou no mesmo nível do Armond White.

O que já tinha como ser previsto a partir de qualquer análise minimamente séria do que ele vem escrevendo há mais de dez anos.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog