sexta-feira, 4 de novembro de 2011

"O Cahiers incluiu a Sony nos agradecimentos da edição deste mês?", um amigo meu perguntou.

3 comentários:

bruno andrade disse...

Novo all-time low da história dos Cahiers.

pentente disse...

cuando descubras la edición española eso te va a parecer poco. y se atreven a citar a Baudrillard.

bruno andrade disse...

O que espanta é a sucessão, a recorrência mais e mais acelerada de edições praticamente irredimíveis da revista. Se você vasculhar os primeiros 40, 45 anos dos Cahiers a contagem de textos ruins não deve chegar nem a 1/10 do que se viu nos últimos 10 anos.

Arquivo do blog