sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Da pesada.

Hora de pôr os pingos nos Is nos impropérios debabaecqueanos.

Por que será que vi confirmada minha tese de que nomes como os de Assayas, Rosenbaum e Burdeau jamais poderiam constar num filme desses?

Arquivo do blog