sábado, 7 de junho de 2014

Apenas um filme realmente baudrillardiano (na forma de "uma enxurrada de metáforas negativas", como bem definiu um amigo) na história do cinema.

E certamente não é Demonlover ou qualquer coisa feita por um pereba rasteiro como o Assayas.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog