quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Favor procurar o verbete referente a "anacronismo" no dicionário mais próximo

O Eastwood é tão "clássico" no sentido que querem dar a ele (o de um classicismo apaziguado e perfeitamente reconciliado com as suas fontes, e neste sentido, por sinal, os dois últimos "clássicos" foram na realidade Richard Fleischer e Blake Edwards) quanto o Carmelo Bene e o Werner Schroeter são em relação ao romantismo.







Um comentário:

bruno andrade disse...

Para quem precisa desse tipo de referência escolar para neófitos, ler o que o Georges Didi-Huberman escreveu sobre anacronismo, modelos de tempo etc. Tem mais a ver com o Eastwood que ladainha "classicista" que discorrem inadvertidamente sobre o cinema dele.

Arquivo do blog