terça-feira, 6 de novembro de 2012

E quem acha que o que dizemos é alienar-se das discussões sobre o que o cinema no Brasil tem potencial para ser pode rever O Viajante para entender o que uma mise en scène moderna representa, assim como a viabilidade, a vitalidade e a pertinência de um cinema romanesco.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog