terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Sobre Olivier Assayas, ou "the-interview-giver".

(ou ainda: porque os fanboys de gente como o Assayas não assistem nem têm curiosidade de assistir filmes de gente como Richard Dindo, Clemens Klopfenstein, Matjaz Klopcic, Jean-Claude Guiguet e Raffaello Matarazzo)

4 comentários:

bruno andrade disse...

Diquinha pros neófitos: os cincos nomes acima, assim como o de Lucio Fulci, não são "rompantes classicistas". Deixem de ser ingênuos e de seguir programas que há muito ultrapassaram o prazo de validade.

bruno andrade disse...

Como, aliás, todo e qualquer PROGRAMA eventualmente ultrapassa.

bruno andrade disse...

Além da entrevista do Costa, dos textos do Ortega y Gasset, do Straub, do Eustache, do Lourcelles e do Biette, dos filmes do Borzage, do Griffith, do Gance e do Vigo... Tipo, tchau.

Suficientemente estável?

bruno andrade disse...

Caso AINDA permaneça incapaz de entender.

Arquivo do blog